Alguns óleos têm efeitos sobre todo o corpo, enquanto que outros demonstram uma especial afinidade por certos órgãos em particular. Ao chegar a estes organismos, deposita-se neles toda ou uma parte do óleo essencial. Quando o organismo absorveu todo o óleo que necessita, excretará o resto. Os óleos circulam por todo o corpo, e utilizam-se nos sítios que são necessários.

Um meio para introduzir os óleos essenciais na corrente sanguínea é através da pele. Se a estrutura molecular de uma substância é suficientemente pequena será absorvida pela pele. Os óleos essenciais são de um tamanho molecular muito pequeno, pelo que é importante que os óleos vegetais utilizados como veículo também sejam de moléculas muito pequenas, para que possam ser absorvidos pela pele com facilidade.

Os óleos minerais têm moléculas muito grandes, permanecem na superfície da pele não contribuem para a  absorção dos óleos essenciais. Uma vez que os óleos essênciais têm penetrado através da pele, são absorvidos pelos líquidos dos tecidos, conduzidos pelo sistema linfático. A partir daí eles atingem o sangue e circulam por todo o corpo. Os efeitos podem tardar em produzir-se desde vários minutos a horas, e por sua vez podem permanecer no organismo até 3 dias.

Ao fazer uma massagem com uma mistura de óleos produz um efeito imediato sobre o sistema olfativo e se consegue uma rápida absorção pela via pulmonar, seguida da absorção, ligeiramente mais lenta, através da pele. Desta maneira, as partículas dos óleos essenciais penetram na circulação geral, e assim em todo o corpo.

error: Content is protected !!
0
Carrinho
Catálogo